4

De onde vem meu lado Artístico.

Senta, que lá vem história....

Bem, na verdade nem sei por onde começar...mas vamos lá.

Meu pai não tinha notícias de seus irmãos e parentes a mais ou menos 40 anos...ou seja, eu nem conheci nenhum deles...ele sempre falou da sua vontade de reencontra-los, eu mesma já perguntei por diversas vezes ao meu amigo Google, mas ele não sabia de nada...até que um dia minha irmã Rachel, acho pela net na lista telefônica da cidade de Riberão Preto o telefone do meu Tio Edson, foi uma grande alegria encontrá-lo e saber notícias de todos, o legal é que ele também procurava o meu pai. E agora depois de tantos anos eles vão se encontrar...fico feliz que meu paizinho possa realizar o sonho de voltar a sua cidade natal e rever seus familiares.


Mas o que tem isso a ver com o meu lado artístico?
Assim...na minha família, todos cozinham e muito bem... desde meu pai que é um grande chef de cozinha à todas as minhas irmãs. E eu já estava achando que tinha sido achada na lixeira né..porque cozinhar..só faço o basiquinho mesmo, e nem gosto muito...minhas mãos prefere os pinceis à colher de pau.


Massssss...eis que o Tio Edson aparece e me salva do trauma da lixeira..rsrs
Ele é um artista gente...faz teatro e pinta quadros.
Meus genes artísticos vem dele...rsrs.


Ele pintou um quadro das lembranças que ele tinha de onde eles cresceram e mandou a foto por e-mail, a arteira aqui tratou logo de fazer um quadro para presentear o pai né...a casinha que eles moravam é a amarelinha.


Na moldura fiz uma pátina provençal..ou quase..rsrs
VERO...não clica na foto pra amplicar....ok? Você pode se traumatizar...rsrs


E aqui o meu paizinho com seu presente..ficou feliz e eu mais ainda.


Obrigada Tio Edson por me salvar da lixeira..rsrs.
Beijos.

4 comentários:

Ana Yamamoto (Aninha) disse...

kkkk!
Morri de rir com a história da lixeira!!! kkkkkk
Nem tem como eu dizer que fui achada na lixeira pq sou a cara da minha mãe! kkkk
Bjo

Veronica Kraemer disse...

Re querida,mas eu ri aqui, viu? kkkkkkkkkkkkkk
Sua pátina ficou ótima, guria!!!
Re, sabe que, na minha família, quem me salvou da lixeira foi o Toi Osvaldo, que pintavca cartazes de cinema. Mas ele era tio do meu ´pai, e já faleceu, não tive a oportunidade de conhecê-lo.
Adorei saber um pouco de sua estória, eu amooooooooo a parte dos antepassados. Saber um pouco mais de nós, de nossa origem, de onde viemos, e talvez entender um pouco por que fazemos o que fazemos.
Amei este post!!! O quadro é lindo e o papis tá fofo na foto!
Beijosssssssssssss
Vero

Rosana Remor disse...

Oi amiga!!Vim aqui te pedir um favor!Será que vc pode votar na minha cama ,no concurso CAMA BEM FEITA? É neste blog: http://mariaflor4.blogspot.com/ A minha cama é a número 5!!Muito obrigada!!Beijos!!

Lia disse...

Rssrsrsrsrs!
Que post mais bonito! Adoro histŕorias d famílias que se reencontram!
Bjus